MUNDIAL DE MX – Confira os representantes brasileiros no Honda GP Brasil de Motocross 2012

Pilotos nacionais se reúnem com feras estrangeiras nos dias 19 e 20 de maio, no Beto Carrero World, em Penha (SC), para disputa da quinta etapa da competição


09/05/2012


PENHA (SC) – Os pilotos brasileiros que representarão o país no Honda GP Brasil de Motocross, nas categorias MX1 e MX2, foram anunciados nesta terça (8). A quinta etapa do Mundial de Motocross será realizada nos dias 19 e 20 de maio, no Parque de Diversões Beto Carrero World, em Penha (SC).

Quatorze competidores nacionais terão a responsabilidade de levar o nome do Brasil na pista catarinense, sendo sete de cada categoria. Segundo a CBM, o critério de seleção dos pilotos foi o ranking nacional da instituição.

Com cinco pilotos, São Paulo é o Estado que terá mais pilotos na disputa: Marcello Lima, Eduardo Lima, Hector Assunção, Thales Vilardi e Anderson Amaral. O Rio Grande do Sul (Marçal Müller, Leonardo Sebben e Leonardo Lizott) conta com três atletas. Já Santa Catarina (Gustavo Henn e Leandro Smakovicz) e Paraná (Jean Ramos e Leandro Silva) depositam suas fichas em dois competidores.  Wellington Garcia e Jorge Balbi Júnior são os representantes dos Estados de Goiás e Minas Gerais, respectivamente.

Confira a lista de pilotos brasileiros:

Categoria MX1


Jean Ramos, de Curituba (PR)
Moto: Kawasaki

Jorge Balbi Júnior, de Belo Horizonte (MG)
Moto: Kawasaki

Leandro Silva, de Curitiba (PR)
Moto: Honda

Leandro Smakovicz, de Joinville (SC)
Moto: Kawasaki

Leonardo Sebben, de Caxias do Sul (RS)
Moto: Kawasaki

Marcello Lima, de Monte Mor (SP)
Moto: Kawasaki

Wellington Garcia, de Goiânia (GO)
Moto: Honda

Categoria MX2

Anderson Amaral, de Borborema (SP)
Moto: Honda

Eduardo Lima, de Monte Mor (SP)
Moto: Kawasaki

Gustavo Henn, de Mondaí (SC)
Moto: Kawasaki

Hector Assunção, de Osasco (SP)
Moto: Honda

Leonardo Lizott, de Sertão (RS)
Moto: Honda

Marçal Müller, de Nova Hartz (RS)
Moto: Kawasaki

Thales Vilardi, de São Paulo (SP)
Moto: Honda

A quinta etapa do Mundial de Motocross é uma realização da Romagnolli Promoções e Eventos, FIM, Youthstream, Beto Carrero World e XYZ Live. O Honda GP Brasil de Motocross tem patrocínio Honda, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e Fesporte. Co-patrocínio Mobil, Yamaha e Pirelli, apoio da Confederação Brasileira de Motociclismo, revista da Moto! e Dirt Action.