MUNDIAL DE MX – Antonio Cairoli e Jeffrey Herlings abrem Honda GP Brasil de Motocross 2012 com vitórias nos classificatórios

Pilotos nacionais e internacionais deram aperitivo do que vão ser as baterias da MX1 e MX2 neste domingo no Beto Carrero World


19/05/2012


- ACESSE A GALERIA DE FOTOS DO HONDA GP BRASIL DE MOTOCROSS 2012

PENHA (SC) –
Depois de muita expectativa e ansiedade, o gate do Honda GP Brasil de Motocross 2012 finalmente baixou neste sábado (19) em Penha (SC). A mágica pista do Beto Carrero World, montada com obstáculos sinuosos e ilustrada com bichos que deixaram o cenário ainda mais espetacular, com hipopótamo, dinossauros, macacos e jacarés, foi palco dos treinos e baterias classificatórias da quinta etapa do Campeonato Mundial de Motocross.  Os líderes do campeonato, Antonio Cairoli (MX1), da Itália, e Jeffrey Herlings (MX2), da Holanda, - ambos da Red Bull KTM Factory Racing - ditaram o ritmo e terão as primeiras escolhas do gate das corridas de domingo (20).


Nas arquibancadas, o que se viu foi empolgação do público do início ao fim. Os fãs que vieram de várias partes do país e de fora acordaram cedo para assistir aos duelos, lotaram os setores e vibraram com os competidores na pista.

Neste domingo, 20 de maio, os 71 pilotos da MX1 e MX2, entre brasileiros e estrangeiros, voltam ao traçado de 1.562 metros de extensão para as disputas das corridas e prometem levantar o ânimo dos torcedores. As atividades têm início a partir das 9h, com os treinos de aquecimentos.

Os canais Band Sports e SporTV transmitem ao vivo as corridas a partir das 12h.

MX1
O italiano Antonio Cairoli foi soberano em todas as sessões: livre, pré-classificatória e corrida classificatória. Liderou sem dificuldades e promete manter o desempenho nas duas corridas. “Estou com a moto bem regulada e me senti confortável nesta tarde. É uma grande oportunidade correr em um lugar fantástico como aqui”, destaca Cairoli. O francês Gautier Paulin (Kawasaki Racing Team) foi segundo, seguido do belga Clement Desalle (Rockstar Energy Suzuki World).

Entre os brasileiros, Wellington Garcia, da Equipe Honda Mobil, começou com grande intensidade e chegou a ocupar a 12ª posição. Mas foi Jorge Balbi Júnior, da Pro Tork 2B Kawasaki Racing, que soube manter a regularidade. O mineiro foi o melhor piloto nacional com o 18º lugar.

MX2
Jeffrey Herlings, da Red Bull KTM Factory Racing, e Tommy Searle, da Floride Monster Energy Pro Circuit, se revezaram nos primeiros treinos da categoria. No final, o holandês da KTM comandou a bateria classificatória e venceu com mais de 25 segundos de vantagem para o rival da Grã Bretanha. “Fiquei realmente contente em correr nesta pista. Fiz uma boa largada e soube manter a tranquilidade. Amanhã vou procurar realizar o mesmo trabalho e tentar vencer as baterias”, declara Herlings.

Um dos principais nomes da temporada brasileira, junto com Dudu Lima (EMG Racing Kawasaki Rinaldi) e Thales Vilardi (Equipe Honda Mobil), Hector Assunção saiu bem do gate e esteve entre os seis primeiros. Porém, não conseguiu segurar os fortes concorrentes estrangeiros e terminou em 17º. Posição suficiente para o piloto da Equipe Honda Mobil ser o melhor brasileiro colocado da categoria.

PROGRAMAÇÃO

Domingo (20/5)

Warm up MX2: 9h às 9h20
Warm up MX1: 9h30 às 9h50

1ª bateria MX2: 12h10 (35 minutos + duas voltas)
1ª bateria MX1: 13h10 (35 minutos + duas voltas)

2ª bateria MX2: 15h03 (35 minutos + duas voltas)
2ª bateria MX1: 16h03 (35 minutos + duas voltas)

*Programação sujeita a alteração

A quinta etapa do Mundial de Motocross é uma realização da Romagnolli Promoções e Eventos, FIM, Youthstream, Beto Carrero World e XYZ Live. O Honda GP Brasil de Motocross tem patrocínio Honda, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, e Fundesporte. Co-patrocínio Mobil, Yamaha e Pirelli, apoio da Confederação Brasileira de Motociclismo, revista da Moto! e Dirt Action.