MUNDIAL DE MX – Romagnolli Promoções e Eventos e Youthstream assinam novo acordo durante Honda GP Brasil de Motocross

Campeonato Mundial de Motocross MX3 chega ao país em 2013. Uma das principais candidatas a sediar o evento é Recife (PE)


20/05/2012


PENHA (SC) – Os fãs brasileiros de motocross podem se preparar que no próximo ano o Brasil receberá mais um importante evento. Além do Campeonato Mundial de Motocross das categorias MX1 e MX2, o país sediará o Mundial MX3. A Romagnolli Promoções e Eventos, promotora do Honda GP Brasil de Motocross, e a Youthstream, organizadora da competição, assinaram neste sábado (19) um acordo que visa pelos próximos quatro anos a realização de uma etapa nacional do Campeonato Mundial de Motocross de MX3. A coletiva de imprensa que anunciou a novidade aos brasileiros teve a presença do vice-presidente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), Jorge Viegas, e do presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Alves.

Segundo Carlos Romagnolli, presidente da promotora, há grande chance de Recife (PE) ser a capital nacional do Mundial de MX3 em 2013. “A empresa tem mais de 20 anos de experiência e deu um grande passo ao promover o Mundial. É a realização de um sonho fazer este evento. A vinda do Mundial de MX3 significa que conquistamos uma grande credibilidade perante a FIM e Youthstream e mostra o quanto temos nos dedicado na promoção das competições. São quatro anos de contrato para a MX3 e Recife surge como a primeira opção. Pretendemos rodar o Brasil nos próximos anos com a etapa da categoria”, revela.

Além disso, as empresas deram amostras que a parceria que prima pela eficácia deve se prolongar. Conversas já foram iniciadas para que o Brasil sedie no próximo ano o Campeonato Mundial de Motocross Feminino. Outra novidade é a possibilidade de o país ser palco em 2015 do Motocross das Nações. A competição é considerada a Copa do Mundo da modalidade e reúne os melhores países do planeta. “Temos feito um grande trabalho ao lado da Romagnolli e teremos muitas surpresas para o futuro do esporte aqui no Brasil”, diz Luigi Zompetti, vice-presidente da Youthstream.

Jorge Viegas, vice-presidente da FIM, entidade máxima do motociclismo mundial, comentou o desenvolvimento do motocross em países fora da Europa. “Muitos falam que a Europa é o centro de motocross, mas isto não é verdade. O crescimento do motocross está em outros países e o Brasil é um grande centro, que está com a economia forte e tem um público bastante excelente. Nenhum país tem estrutura parecida com a montada pela Romagnolli”, destaca.

O presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Alves, também esteve presente na coletiva de imprensa que anunciou o acordo e elogiou a organização da Romagnolli na promoção do Honda GP Brasil de Motocross. “Sinto-me muito feliz com o momento vivido pelo motocross brasileiro. Hoje o país se consagrou no mundo como um dos melhores do motociclismo. Parabéns ao Carlinhos e a Youthstream por acreditarem no Brasil”, afirma.

A quinta etapa do Mundial de Motocross é uma realização da Romagnolli Promoções e Eventos, FIM, Youthstream, Beto Carrero World e XYZ Live. O Honda GP Brasil de Motocross tem patrocínio Honda, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, e Fundesporte. Co-patrocínio Mobil, Yamaha e Pirelli, apoio da Confederação Brasileira de Motociclismo, revista da Moto! e Dirt Action.